UPA entra em fase de acabamentos


O projeto arquitetônico da obra prevê ambientes com aproveitamento da luz natural
A cada semana que passa os avanços na obra de Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Universitário são mais visíveis. A tão sonhada estrutura que vai funcionar sete dias por semana, 24h por dia, e desafogar o fluxo intenso do Pronto-Atendimento Tito Bianchini, com atendimento para adultos e suporte especializado para crianças, já está 65% concluída. Para assegurar que a UPA comece a funcionar assim que estiver pronta, a Secretaria Municipal de Saúde já está fazendo o levantamento do mobiliário e dos equipamentos para encaminhar ao setor de Licitação. “Também temos macas, insumos e equipamentos novos no Pronto-Atendimento que serão levados para a UPA. Vamos aproveitar o que for possível para otimizar nossos recursos”, destaca a secretária Odila Waldrich.
Localizada em uma área estratégica, ao lado da Rodoviária, próximo à Avenida Dom Pedro II, uma via rápida que facilita a chegada e saída de ambulâncias, a edificação com 2.185,39 metros quadrados de área construída, está dividida em três grandes blocos interligados. Além de atender as normas de acessibilidade e da vigilância sanitária, o projeto arquitetônico da obra também contempla soluções e o aproveitamento da luz natural, em diversos ambientes, para proporcionar mais conforto e bem-estar aos usuários. “De tal forma, que cada um dos blocos possui também um cor diferente, para não caracterizar um ambiente hospitalar”, explica Lidyane Bremenkamp, arquiteta e fiscal da obra. As cores, em tons pasteis, variam entre o cinza, marrom, rosa, entre outras cores.
Um dos blocos que já está mais avançado com 75% do acabamento pronto é o que vai abrigar o setor administrativo. Na cozinha, refeitório e banheiros já foram colocados pisos de porcelanato antiderrapante e nas paredes revestimento cerâmico. A instalação elétrica também está pronta e no corredor já foram instaladas, inclusive lâmpadas de teste. As portas devem ser instaladas ainda esta semana.
O engenheiro civil e responsável técnico pela obra, Thiago Hinckel Curtius, funcionário da Construtora Evoluta Ltda, explica que os serviços avançam por diversas frentes de trabalho. No bloco 03, aonde irá funcionar o setor de observação também já foram colocadas as janelas, piso e iniciado a pintura. Além da colocação das portas e da instalação elétrica, o cronograma de serviço prevê a instalação de pontos de gás medicinal para oxigênio. “Estamos avançando por frente de trabalho, de forma a executar o serviço completo para não precisar quebrar nada ou refazer depois para implantar alguma rede”, destaca Thiago. Nos próximos dias iniciará a construção do muro no entorno da UPA.
A UPA terá abrangência regional, com atendimento de média complexidade, intermediário entre as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e porta de urgência hospitalar. Oferecerá atendimentos com uma série de serviços médicos e compõe a rede organizada por pediatria, ortopedia, atendimento em odontologia e salas de observação tanto pediátrico, como adulto, entre diversas outras assistências.
Fotos Cássia Shelen 

Comentários