Lixo no Lixo

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Temporal breve atinge Lages no início da manhã e provoca queda de árvore na Belizário Ramos

Um temporal rápido, porém, forte, com grandes rajadas de vento, atingiu Lages no início da manhã desta quinta-feira (8), por volta de 8h30. A queda de uma árvore foi registrada na Avenida Belizário Ramos (Carahá), cruzamento com a rua 7 de Setembro (Copacabana). Os agentes de Defesa Civil já se encontram no local com motosserra para retirar o material do local e desobstruir a pista. Outra árvore caiu nos fundos da Rodoviária Dom Honorato Piazera, em frente ao Hotel Rodeio, na rua Jurandir Dell Macedo.


O patrulhamento e monitoramento do nível do rio Carahá e dos pontos onde há inundações e críticos suscetíveis a deslizamentos como encostas e morros. Nas últimas 24 horas (até as 8 horas desta quinta) o índice pluviométrico acumulado compreendeu 27 milímetros. O rio Carahá está 5.11 metros acima do normal, lembrando que o nível de segurança consiste em até cinco metros. Acima deste número é considerada emergência. A régua localizada no rio Carahá na altura da divisa entre os bairros Bom Jesus e Caça e Tiro está fixada no chão, contudo, sua marcação (marco zero) inicia um pouco abaixo da superfície da água onde a vista alcança a olho nu.

Entregas

O cadastramento de famílias atingidas com o propósito de receberem kits está em andamento. A ideia era distribuir os kits pela manhã desta quinta, mas não houve condições devido à chuva e atendimento de ocorrências. Neste momento está sendo feita a entrega de donativos para os presidentes de associações de moradores. São cestas básicas e kits de limpeza doméstica.
Já os repasses que devem ser feitos pela própria Defesa Civil, mediante cadastramento previamente realizado, devem ocorrer no Passo Fundo pela manhã desta quinta. Se a chuva persistir, serão adiadas e acontecerão à tarde. "Os presidentes das associações fizeram um levantamento em seus bairros e nos repassaram a demanda. Nos encaminharemos as informações ao Tita, presidente da União, e haverá o direcionamento a cada presidente conforme seu pedidos", conclui Jean Felipe. Somente nesta quarta (7), foram realizados cerca de 800 cadastramentos pela Defesa Civil. Em torno de dez pessoas estão imbuídas nesta função.
É intensa a doação de itens alimentícios não perecíveis, além de peças de vestuário, calçados, cobertores, acolchoados, roupas de cama (lençóis, travesseiros e fronhas), toalhas de banho e de rosto, colchões, materiais de higiene pessoal (escova e creme dental, sabonete, xampu, absorventes, fraldas). Os mantimentos e artigos de higiene estão sendo selecionados e organizados em embalagens no Ginásio Jones Minosso.
Fotos: Carlos Alberto Becker

S.O.S Lages & NDD

A NDDigital lançou nesta terça-feira a Campanha S.O.S Lages & NDD com intuito de arrecadar donativos para os atingidos das chuvas na região.



 A intenção é captar roupas, alimentos, materiais de limpeza e cobertores através de doações dos colaboradores da empresa. São mais de 400 profissionais trabalhando na desenvolvedora de software.
Um ponto de arrecadação foi colocado no ambiente em que os funcionários fazem seus lanches e a expectativa é de encher a caixa. As doações serão entregues na sexta-feira (09/06) no Ginásio Jones Minosso.

 Para a coordenadora de marketing da NDDigital, Rosana Zampieri, a ação é um modo da empresa e os colaboradores contribuírem com a população. “Estamos todos comovidos com o que aconteceu e sabemos que muitas famílias perderam tudo que tinham, é o mínimo que podemos fazer”, disse.
Como o alego da prefeitura foi por alimentos não perecíveis, este será o maior esforço da empresa.

Escolas Estaduais

A Gerência Regional de Educação (Gered) definiu que as aulas na rede estadual de ensino ocorrerão normalmente nesta quinta-feira, dia 8 de junho, nas 24 escolas de Lages, que atendem a 18 mil estudantes. Em Anita Garibaldi, Otacílio Costa e São José do Cerrito as aulas estão suspensas até sexta-feira, dia 9, e voltarão apenas na próxima semana. Já nos demais oito municípios da ADR Lages (Bocaina do Sul, Campo Belo do Sul, Capão Alto, Cerro Negro, Correia Pinto, Painel, Palmeira e Ponte Alta) os diretores de cada escola terão autonomia para decidir conforme a situação de cada instituição, já que nestes locais o transporte dos alunos é feito pelas prefeituras. Assim, a orientação é para que os pais entrem em contato com as escolas dos seus filhos para obter a informação correta.