Lixo no Lixo

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Etamar Eger deixa a gerência da Celesc e vai para o comercial

Etamar Eger anuncia à imprensa de Lages sua saída da gerência da Celesc.

 Sempre competente, e disposto a tudo e qualquer tipo de ocorrência que envolvia a Celesc, Etamar estava sempre disposto a resolver e concertar aquilo que estava errado. Obrigado Etamar!!

Foto: Correio Lageano

Problema de alagamento é solucionado pela Infraestrutura

Com o sistema de escoamento de águas pluviais danificado, moradores e comerciantes sofriam com alagamentos na rua Marechal Floriano, no Centro, um dos principais meios de acesso à região Sul da cidade. 
Um tubo quebrado na parte subterrânea da via, próximo à Designer Autocenter e ao Pocai Secchi provocava o alagamento da rua e invasão das águas sobre o chão da oficinaAutocenter. O problema ocasionou o trancamento da caixa de boca-de-lobo e com as contínuas chuvas dos últimos dias o fluxo extravasou. 
Trabalhadores da Secretaria de Infraestrutura atuaram na resolução do impasse na manhã desta terça-feira (31).


Um tubo com 40 centímetros de diâmetro substituiu a estrutura anterior. Além disso, blocos de concreto novos foram posicionados como uma “caixa-de-lobo morta”. O trabalho foi executado por oito funcionários da prefeitura e utilizado o suporte maquinário composto por uma máquina retroescavadeira, um caminhão basculante (caçamba) toco e um caminhão munck.

Quinta Garden no Lages Garden Shopping






Nesta quinta-feira (02), o Lages Garden Shopping promove mais uma edição do Quinta Garden. 


Quem se apresenta às 19h30min, na praça de alimentação, é o cantor Augusto Nogueira.

Nota Oficial: Câmara cancela sessão ordinária por desordem

A sessão ordinária desta segunda-feira (30) foi cancelada durante os trabalhos devido a desordem causada no Plenário Nereu Ramos. 
Por determinação do presidente da Câmara de Vereadores de Lages, Adilson Appolinário a votação das matérias que ocorria, foi transferida para a sessão desta terça-feira (31) que ocorre normalmente.
A desordem e o tumulto prejudicaram o andamento dos trabalhos e fizeram com que a sessão fosse encerrada antes da votação da ordem do dia.  Alguns visitantes se exaltaram e mencionavam palavras de baixo calão aos vereadores, em alguns casos até mesmo ameaçando os edis, desta forma o presidente optou por cancelar os trabalhos, já que os legisladores se sentiram ameaçados. “Alguns visitantes ameaçaram invadir o Plenário e agredir os vereadores”, explicou Appolinário afirmando que se o fato voltar a acontecer a sessão será novamente cancelada.
Um boletim de ocorrência já foi registrado pelos vereadores, junto à delegacia de Polícia Civil de Lages. A medida foi tomada como precaução, caso o fato volte a acontecer.