Wooden House | Girso Palma

Prefeitura de Lages

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Prefeito consegue liberação de recursos para construção de três creches

Assim que reassumiu o comando da administração municipal, o prefeito Elizeu Mattos agendou viagem a Brasília para tratar de assuntos pendentes em diversos setores e um deles é na área da educação. 

A construção de três creches no loteamento Nadir e nos bairros Santa Helena e Centenário estava praticamente perdida, pois a empresa havia desistido da licitação. Elizeu conseguiu a recuperação dos recursos na ordem de R$ 6 milhões, através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
O modelo das creches sofreu alterações pelo Ministério da Educação (MEC) e serão maiores. Cada Centro de Educação Infantil Municipal (Ceim) custará aproximadamente R$ 2 milhões, sendo R$ 1.888.084,00 do governo federal e o restante, inclusive a compra do terreno, contrapartida da prefeitura. Com a liberação da verba será possível a abertura da licitação para as três obras simultaneamente, que terão prazo de 1,5 a 2 anos para a conclusão após o início das obras.
Cada unidade terá capacidade para atender 180 crianças, o que vai colaborar muito para a diminuição das filas de espera na educação infantil. De acordo com a secretária de Educação, Marimilia Coelho, atualmente a demanda é de aproximadamente 1.200 crianças cadastradas na fila. Com a construção das creches será possível suprir cerca de 50% da necessidade atual.

Antes de decidir os locais estratégicos para a construção das unidades foi realizado um levantamento de quais bairros apresentam maior déficit. “Somente no Centenário, apesar de ter a creche da Tia Bira e outras próximas, há cerca de 280 crianças na fila de espera”, informa Marimilia. Os terrenos já foram adquiridos, sendo que no Centenário precisou mudar de local.
Antes a área do Centenário apresentava complicações no solo, com muita incidência de serragem, o que dificultaria a fundação do prédio. A obra se tornaria muito cara, em torno de R$ 300 mil somente para a terraplanagem, conforme constatação após sondagem do solo. O novo terreno, que já pertencia ao município, será próximo ao Café Guidalli, na rua Dom Joaquim do Arco Verde.

Nenhum comentário: