Sentença de acusado de matar Nando Letti, no posto de gasolina é apresentada à população

Julio Octávio Búrigo, foi julgado no Tribunal do Juri do Fórum de Lages, durante o dia e noite desta terça-feira (28), e madrugada de quarta-feira (29). 

A sua sentença foi de 21 anos e 4 meses, em regime fechado, com direito a reclusão.

 Foram mais de 16 horas de audiência. Segundo o Juiz Geraldo Corrêia Bastos, o Tribunal recebeu um bom  número de pessoas durante o dia todo.

Nando morreu na madrugada de 6 de março, uma quinta-feira, no posto de combustíveis que sempre frequentava. Foi lá que se envolveu em uma briga aparentemente banal, mas que resultaria na morte dele. 

As imagens do circuito interno de TV do posto mostram que, às 4h34min, Letti foi agredido de surpresa por Julio Burigo dentro da loja de conveniência. Por 48 minutos os dois continuaram discutindo, com Burigo saindo e voltando do posto, até que, às 5h22min, Burigo atropelou Nando com um Peugeot, com o qual fugiu sem prestar socorro. 

Comentários