Lixo no Lixo

domingo, 17 de novembro de 2013

Marcha Para Jesus: falta menos de uma semana

É no próximo sábado, dia 23, o evento que reúne as igrejas cristãs de Lages. São esperadas milhares de pessoas, que serão puxadas por um trio elétrico pelas ruas do Centro de Lages  
 O Conselho de Pastores de Lages está acertando os últimos detalhes para o evento “Marcha Para Jesus”, que acontece no próximo sábado, em Lages. O início é às 15h, no entroncamento das avenida Belizário Ramos e Presidente Vargas. A marchar, que será puxada por um trio elétrico com muita música, vai seguir pelas ruas Correia Pinto, Nereu Ramos e Manoel Thiago de Castro. “Vamos encerrar na Praça Joca Neves, com shows de bandas da cidade e com a ministração do conferencista norte americano, Danny Bonilla”, comenta o Pastor Hugo Schmitt, que faz parte do Conselho.

Para o presidente do Conselho de Pastores, Mauro Nascimento de Almeida, será “um dia pra os cristãos de Lages declararem sua  fé naquele que veio pra salvar o mundo".  Vale destacar que a realização da Marcha Para Jesus não é realizada por uma igreja em específico, pois tem como objetivo reunir todos aqueles que professam a fé em Jesus. “Queremos promover a união das igrejas Cristãs das nossa cidade”, finaliza o presidente do Conselho.

Lages sedia oficina regional de políticas sobre drogas

O município de Lages sedia nesta terça-feira, 19 e quarta, 20, a 1ª Oficina de Regional de Mobilização Intersetorial de Políticas Públicas sobre Drogas. Durante o evento serão debatidas as propostas da Mesorregião de Lages para a elaboração do Plano Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas. A abertura está prevista para as 18h30min no auditório de Ciências Jurídicas da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac). Esta será a última das sete oficinas de 2013. Os encontros regionais já foram realizados em Florianópolis, Jaraguá do Sul, São Miguel do Oeste, Chapecó, Criciúma e Joaçaba. Ao final dos encontros, mais de 3 mil profissionais terão se reunido para discutir o tema.


Durante a abertura do evento, serão eleitos os 11 municípios da região que integrarão o colegiado gestor regional de políticas públicas sobre drogas. No total, a oficina deve contar com a participação de representantes dos 40 municípios da região. O colegiado gestor regional será responsável pela viabilização, monitoramento e avaliação das execuções do Plano Catarinense de Políticas Públicas sobre Drogas no âmbito regional e municipal. 

O secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), João José Candido da Silva, destaca que esta é uma parceria entre o governo do Estado, os conselhos e a sociedade civil para o enfrentamento às drogas. “É preciso ainda que os profissionais do município que lidam, principalmente, com jovens sentem-se juntos para avaliar quais aqueles que têm problemas e o que podem fazer para ajudá-los. Precisamos alertá-los sobre os perigos dos entorpecentes, principalmente aqueles que têm e os que formarão família”, ressaltou. 
Ações de governo - O trabalho do governo não se restringe à construção do plano, mas avança também em outras frentes como nas áreas da assistência social. O governo estadual investirá R$ 37,4 milhões na construção de 88 equipamentos de assistência social até 2014. Tratam-se dos 61 Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), com investimentos previstos de R$ 23,8 milhões e 27 Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas), com projeção de R$ 13,6 milhões até 2014. Atualmente, o Estado possui 341 CRAS em 270 municípios e 86 Creas em 82 municípios. São nestes equipamentos que a família encontra apoio para fortalecer os vínculos familiares e minimizar os problemas causados pelas drogas. 
Projeto Reviver - o projeto Rede Estadual de Atenção a Dependentes Químicos (Reviver) integra as ações do eixo Cuidado do Programa Crack, é Possível Vencer, que está sob a responsabilidade das Secretarias de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST) e da Saúde e também integra as ações do Plano Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas.
O Reviver prevê ações de Recursos Humanos, Educação, bolsas de mestrado e doutorado e lançamento de edital para habilitar as comunidades terapêuticas. Ainda estão previstas ações de diagnóstico e cadastramento das comunidades terapêuticas; a capacitação de profissionais de comunidades terapêuticas; serviços públicos e rede de atendimento; elaboração e validação de protocolos de prevenção; pesquisa de avaliação do cuidado e da reinserção familiar e social; e elaboração de material instrucional.
Além disso, estão previstas ações de suporte à superação da dependência química, com 1,2 mil vagas de acolhimento em comunidades terapêuticas, sendo 900 para adultos e 300 para adolescentes, em convênio firmado entre o governo do Estado e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc). A previsão orçamentária é de R$ 12 milhões.

Blumenau, aqui vamos nós. Inter decide o returno em Blu

Torcedores colorados organizam excursões para o segundo jogo decisivo do returno

Ao menos 150 torcedores colorados estarão no Estádio do Sesi às 17h deste domingo, em Blumenau, para a segunda partida decisiva do returno da divisão de acesso (a terceira divisão) do Campeonato Catarinense. Além das excursões organizadas pelas torcidas Fúria Jovem e Inferno Vermelho, muitos torcedores prometem viajar não apenas de Lages, mas também de cidades como Itajaí, Itapema, Balneário Camboriú e Florianópolis, onde moram muitos lageanos.

Dois ônibus e uma van já estão lotadas de torcedores. Neste sábado, a diretoria do Internacional entrou em contato com a Polícia Militar de Blumenau para informar sobre o número estimado de colorados que vão a Blumenau. O procedimento visa a auxiliar a PM na recepção aos torcedores que viajarão para a partida.
Imprensa Inter de Lages