Açaideira Lages

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Jovem de 19 anos morre após atropelamento na Avenida Dom Pedro II, em Lages

Um jovem de 19 morreu na tarde de domingo (19) após ser atropelado na Avenida Dom Pedro II, em Lages. De bicicleta, Luiz Eduardo Rodrigues Fernandes estava atravessando a avenida, quando um Honda Civic, com placas de Lages, atingiu o jovem. 

Com o impacto da batida, Fernandes sofreu traumatismo craniano. O Corpo de Bombeiros atendeu a ocorrência e encaminhou o jovem ao Hospital Nossa Senhora dos Prazeres. Ao dar entrada no hospital, o jovem não resistiu aos ferimentos.



Fonte: Correio Lageano
Foto: Google

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Lages Business Park: Lages será um polo de negócios

Na última segunda-feira (13) os empresários do Grupo Koch, estiveram apresentando aos associados, empresários e autoridades na ACIL, o novo modelo de parque industrial, o Lages Business Park, que está em sua fase de “Plano Executivo”.



Após a aprovação do projeto executivo, o grupo tem prazo de até dois anos para iniciar as obras. Em um terreno de 1,5 milhão de área (cedido pela prefeitura por meio de licitação em 2016) a ideia do Lages Business Park é construir um espaço com aproximadamente 312 lotes, sendo que 30% destinados para empresas da cidade e o restante para atrair empresas de fora.

Diretor de Negócios Cristiano Santiago Vieira, deixou claro que é um projeto ousado e inovador, mas que ajudará Lages a se tornar um polo de negócios. “Nossa prioridade é contratar mão de obra local, isso gera emprego e renda para cidade, acreditamos no sucesso do empreendimento, mas para isto é necessário o envolvimento de todos, do empresariado local ao poder público”. Cristiano citou como exemplo o Perini Busines Park, construído em Joinville e que se assemelha ao modelo que deve ser implantado em Lages, o Perini possui um PIB maior do que o PIB de Criciúma.

O Conselheiro do Grupo e responsável pelos investidores internacionais, Jorge Karan, destacou que “ Os Olhos dos investidores internacionais estão voltados para a cidade de Lages e para o projeto especificamente, deixamos claro que, não queremos apenas um terreno, por que isso se consegue em qualquer parte do Brasil, queremos construir em Lages porque estamos acreditando no potencial da região como polo industrial e de negócios e pelo formato do negócio ser uma parceria público e privada”.

Sobre o Grupo Koch

O Grupo Koch é uma holding com 40 anos de atuação, que participa e controla negócios nos segmentos de hotéis, viagens, e empreendimentos imobiliários. Mantém o seu desenvolvimento em assertividade de análise, parcerias estratégicas, princípios éticos e inovação, visando resultados previstos para os investidores, que consolidam o seu maior diferencial que é a credibilidade.

Sua atuação está focada no Estado de Santa Catarina. No entanto, conta com o surgimento de outros projetos em grandes centros, como no interior do Rio Grande do Sul e São Paulo.  Cristiano ainda comenta que há cinco anos o grupo vem empreendendo no mercado lageano, realizando investimentos através da comercialização de produtos na região. “O grupo já está atuando no mercado de Lages com algumas parcerias que é um de nossos diferenciais”.

O Grupo Koch ainda está executando em Florianópolis um projeto que engloba um shopping - “Centrinho dos Ingleses” com 170 lojas e mais 327 apartamentos, entre outros espaços. “Um dos pontos fortes do grupo é que todos os nossos empreendimentos devem deixar um legado. Não basta somente haver uma análise de viabilidade econômico, mas sim aliada à situação socioeconômica do local, queremos que Lages se desenvolva ainda mais, esse será o legado”, conclui Santiago Vieira.


#BM3 Assessoria Criativa
Cris Menegon – 49 99982-1635
Debora Bombilio – 49 99122-9798

Falta de interesse da Secretaria Municipal de Educação deixa alunos na mão com o Polo UAB


Uma das alunas prejudicadas nos enviou um email explicado o caso

Olá Biguá,

 Me chamo Paula, sou acadêmica da 6ª fase de Administração pela UFSC, através do Polo UAB/Lages, este que a partir do dia 15/02/2017 será fechado em nossa cidade, deixando na mão mais de 50 acadêmicos, fato que acontecerá devido ao desinteresse da nossa Secretaria Municipal de Educação, a qual havia firmado uma parceria com a UAB, onde disponibilizaria o local para que fossem realizadas as atividades acadêmicas.

 De acordo com o convênio firmado entre as instituições, a UFSC é responsável por disponibilizar os equipamentos, mobiliários e o material didático para os alunos, sendo ela responsável também pela seleção e remuneração dos tutores presenciais e a distancia dos cursos. Em contrapartida a Prefeitura Municipal, através da Secretária de educação se responsabiliza por disponibilizar o espaço físico, a equipe técnica/administrativa, a manutenção, limpeza e segurança do imóvel.

 Terminamos 2016 com ótimas notícias de que o Polo Lages havia conseguido autorização para novos cursos, o que possibilitaria o início de mais 2 turmas nesse semestre, sendo uma de Pós-graduação em Gestão em Saúde e a outra em Educação Profissional Integrada à Educação Básica na Modalidade de Educação Jovens e Adultos - PROEJA. Com isso nosso Polo fecharia o primeiro semestre de 2017, com 5 turmas.

 Agora ao iniciar este semestre tivemos essa triste notícia de que a Secretaria Municipal de educação simplesmente não vai mais cumprir sua parte no acordo, impossibilitando o início das novas turmas e deixando "a ver navios" uma turma de Administração e uma turma de Pedagogia, já em andamento.
 É impossível que um município como Lages, com tantas instituições escolares, não disponha de 1 (uma) sala de aula para emprestar ao Polo UAB, isso mesmo, o que precisamos é 1 sala, pois minha turma (administração) é totalmente a distância necessitando apenas comparecer para realizar as avaliações de término de disciplina, essas que geralmente são aos sábados a tarde. Já a turma de Pedagogia é semi-presencial, tendo aula nas terças e quartas-feira a noite.

 Em nome de todos os acadêmicos do Polo UAB/Lages e dos futuros acadêmicos, solicito sua colaboração para que possamos ter uma resposta da administração municipal sobre o assunto, pois simplesmente nos disseram "se virem" e pronto, no próximo dia 18/02 alguns alunos terão avaliação de recuperação, e não sabemos nem onde e nem como essas avaliações serão realizadas, pois nessa data o Polo situado nas dependências do Sesi no Bairro Gethal já estará desativado. Certa de sua colaboração, agradeço.

Paula Moraes
Acadêmica do curso de Bacharelado em Administração/UFSC - UAB/Polo Lages

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Estão em vigor os novos valores da taxa de coleta de lixo

Os valores da coleta de lixo, corrigidos tanto para a categoria residencial, quanto para a comercial, industrial e pública,estão fixados pelo decreto nº 15.729,assinado em novembro do ano passado, e que consta na planilha de composição de custos da devida taxa. Ocorre que um erro de transferência de dadosmanteve a tabela que calcula a base mensal, com as informações de 2016. A referida tabela aponta a frequência da coleta e as categorias dos imóveis. Está correto apenas o valor integral, sem parcelamento, localizado ao lado da data de vencimento, conforme o decreto que fixa a taxa de lixo para o exercício de 2017.


O Município, através da Secretaria Municipal de Administração e Finanças, orienta a comunidade sobre a atenção devida acerca dos valores, que podem ser parcelados em até 12 vezes iguais, ou pagos em valor de cota única correspondente ao ano inteiro. Caso não haja entendimento sobre a tabela publicada incorretamente com os dados do ano passado, os esclarecimentos serão publicados na próxima fatura da água.

Categorias

Na categoria de imóveis residenciais há dois tipos de frequência de coleta: três vezes por semana nos bairros - R$ 13,75 mensais ou R$ 165 o total, ou seis vezes por semana na área central: R$ 27,50 mensais ou R$ 330 anual. No caso dos imóveis comerciais, industriais e públicos: três vezes por semana - R$ 20 mensais ou R$ 240 anual, ou seis vezes por semana: R$ 40 mensais ou R$ 480 anual. Para os contribuintes que optarem pelo custeio em parcela única, o vencimento se dará dia 10 de março. Já quem optar pelo parcelamento deve estar atento na cobrança, feita junto à fatura mensal de água e esgoto.

Casos especiais

Ressalte-se que o valor da taxa de coleta de lixo ficará isento no exercício de 2017 para os contribuintes beneficiários da Tarifa Social de água junto à Semasa. Os hospitais públicos e os privados sem fins lucrativos pagarão uma taxa de coleta por mês, de forma parcelada ou em cota única. Os hotéis pagarão o valor de uma taxa a cada dois quartos, sendo que no caso de resultar em número ímpar, será considerado o número par imediatamente inferior, por mês, de forma parcelada ou única. A planilha anexada ao decreto municipal constata que são 57.300 contribuintes em Lages. A despesa anual com limpeza e urbana e manejo de resíduos é de R$ 10,8 milhões. São 9.874 coletas/visitas ao ano. O método de cálculo pode ser consultado no próprio decreto.

Zagueiro Victor representa o Inter de Lages na seleção da quinta rodada

O zagueiro Victor é o representante do Inter de Lages na lista de destaques da quinta rodada do turno do Campeonato Catarinense apurada pelo prêmio Top da Bola. Embora o campeonato tenha chegado agora à quinta rodada, esta é a segunda rodada de votações do prêmio.

Victor foi escolhido por seu desempenho na vitória colorada contra o Atlético Tubarão por 2 a 1. O atleta marcou, de cabeça, o gol que abriu caminho para o triunfo.
O prêmio Top da Bola vai escolher os principais nomes do Campeonato Catarinense. O prêmio é realizado pelo Instituto Mapa, com apoio da Federação Catarinense de Futebol e da SCClubes, a associação de clubes profissionais do estado.

Um toque feminino no poder: Aida Hoffer é a presidente da Câmara de Vereadores em 2017


Qualquer lageano pode dizer que Aidamar Seminotti Hoffer ou simplesmente Aida é uma mulher que faz parte da história de Lages, afinal, pela primeira vez a Câmara Municipal de Vereadores tem como presidente uma representante do sexo feminino. Esta é apenas mais uma das conquistas na trajetória desta catarinense, nascida em São Joaquim, no dia 29 de maio de 1961.


Filha de pais gaúchos que vieram para solo catarinense devido o Ciclo da Madeira (a partir de 1930 em Santa Catarina), Aida não tardou a sair de casa. O motivo: o desejo de se formar em uma faculdade. O sonho inicial era ser advogada, mas como Lages ainda não oferecia este curso, a menina de 17 anos optou por ingressar na Pedagogia na Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac). Ela se encontrou na área e atuou por 33 anos, até se aposentar como servidora concursada do município, com especialização em Educação e Orientação Educacional, e mestrado, no qual discorreu sobre a participação da mulher na política lageana.

Em Lages, Aida também encontrou o amor. Casou com Odilson da Silva Hoffer (in memoriam), de cuja união gerou duas filhas: Georgia e Jamille. Posteriormente ao falecimento do primeiro marido, um novo parceiro surgiu na sua vida - Arildo Tadeu da Silva - que já a acompanha há 16 anos e a quem ela se refere como um grande companheiro.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Dupla Fred e Gustavo oferece recompensa aos materiais perdidos na rua

Foi perdido duas malas entre o trecho da Av Juscelino Kubstickek de Oliveira e o Hotel Planalto, uma na cor preta e outra na cor verde escura!
São malas da dupla Fred e Gustavo, continham uniforme da banda, documentos pessoais e roupas.

Quem encontrar, favor entrar em contato através do telefone (49) 9 99320311, será pago recompensa!